Startup: O que é Isso?

3 dez, 2019Artigo

As mudanças que o mundo sofreu nos últimos tempos, foram mais do que apenas tecnológicas, elas entraram até mesmo nas nomenclaturas e termos utilizados no mundo empresarial.

Afinal, quem aqui no início dos anos 2000 tinha como meta abrir um Startup?

Esse termo era pouco conhecido e quando utilizado, se fazia ligado a empresas de Internet. Mas não só o termo Startup caiu no gosto dos brasileiros, outros muitos são tão comuns hoje em dia, mas muitas vezes não sabemos bem o seu significado.

 

 O que é Startup?

Existe muita discussão sobre a definição exata do termo, por ser muito amplo e cada dia surgirem novos exemplos, ele tende a não ser algo “encaixotado”, com definição e regra bem clara e rígida.

Porém elas devem seguir alguns conceitos básicos para serem consideradas Startup’s ou apenas empresas iniciantes.

Ela deve ser uma empresa jovem (criada a pouco tempo) com um modelo de negócio escalável e repetível, disruptiva e que busque soluções inovadoras.

Ao ser baseada em um Modelo de Negócios (diferente do Plano de Negócios), a empresa se baseia não apenas em metas e estratégias financeiras, mas também em Solucionar Dores, isso mesmo, o Valor da empresa será diretamente ligado a eficiência da solução de um problema que a empresa apresenta. E claro, visando o lucro sempre.

Exemplo de Sucesso

Vamos ao exemplo da Nubank, a startup financeira (FinTech) brasileira mais valiosa atualmente, cerca de US$ 10 Bilhões em valor de mercado.

Seu alto valor veio do alto nível de satisfação na solução de um problema clássico, a burocracia bancária.

Ao apresentar um banco digital, onde todos os serviços são facilitados e agilizados, com segurança e confiança de um banco comum, porém sem altas taxas e longas filas, a Startup decolou e vai voar muito mais alto ainda.

Pois ela apresenta outro conceito para ser uma Startup, ser Escalável e Repetível, isso significa que o seu produto/serviço, pode ser replicado sem aumento de custos incidentes.

Imagine o seguinte, para a Nubank oferecer a solução financeira para 1.000 pessoas ou para 50.000 pessoas, seus custos diretos não são influenciados, porém se uma empresa de cadeiras produz 1.000 e 50.000 seus custos aumentam junto, pois ela necessita do material físico.

Outro fator importante para ser uma Startup é a Disrupção, que significa quebrar barreiras e inovar serviços ou produtos.

Como exemplos de disrupção podemos o citar Instagram, que desbancou gigantes do mundo da fotografia, retirando das pessoas a necessidade de revelar suas fotos e entregando algo mais rápido, prático e inovador.

Existem vários tipos de Startups, não somente Online (apesar de ser mais comum, pelo fato da Escalabilidade), e o mais importante é não burocratizar termos ou preencher colunas para ser ou não um Startup, o mais importante é produzir, movimentar a economia, gerar valor e prover soluções a sociedade.

Startup ou não, a Contabilidade é essencial

Seja você o “Joaquim do Cachorro Quente” ou o Facebook, ambos precisam prestar contas com o governo, pagar seus impostos e controlar sua vida fiscal e financeira.

Portanto o papel do contador é de grande importância independente do segmento da empresa.

Lembrando que o contador não só apura impostos, mas também ajuda a estruturar a vida financeira da sua empresa, auxilia a tomadas de decisões, ele se torna peça chave, indispensável para todos.

Nós da OSA Contabilidade temos um time preparado para atender a sua empresa, seja ela Pequena, Média, Grande, Startup ou não, aqui você encontra a solução para o dia a dia da sua empresa.

REDES SOCIAIS

UNIDADE RIBEIRÃO PRETO/SP

Rua Professor Roberto José, 100 - CEP 14.026-562 - RIBEIRÃO PRETO/SP

UNIDADE SANTA ROSA DE VITERBO/SP

Rua José Garcia Duarte, 167 – CEP: 14.270-000 – Centro – SANTA ROSA DE VITERBO/SP

FALE CONOSCO

osa@osa.com.br

(16) 3954-1216

® todos os direitos reservados à OSA Contabilidade.