Como Fazer um Bom Recrutamento

Como Fazer um Bom Recrutamento

Caçadores de Habilidades

Você já deve estar cansado de ouvir aquela velha frase “o maior bem de uma empresa, são as pessoas”.

Pois é, toda palestra você escuta isso, todo mundo concorda com isso, mas e na prática? Tem sentido? As habilidades das pessoas estão tão fáceis de encontrar quanto importantes?

O empresário agora tem nova função: são “Caçadores de Habilidades”.

Valorizar um funcionário é mais do que óbvio, é necessário, porém quem vive o dia a dia de uma empresa, contratando, treinando, ensinando e se necessário (e muitas vezes é) demitindo, sabe como esse processo é exaustivo e complicado.

Hoje em dia está difícil encontrar pessoas boas para trabalhar, quem dirá então pessoas boas e com as “Skills” (forma bonita que chamaremos agora as habilidades) necessárias para determinadas funções.

Você Sabe o que Quer?

Todos querem aquela pessoa perfeita para a função, pró-ativa, comunicativa, criativa, com desejo de crescer e disposta a fazer parte da cultura da empresa.

Mas será que é assim? Só perguntar para a pessoa e ela responde sim ou não e pronto?

Muitas vezes, nem os próprios contratantes sabem exatamente o que procuram, por isso procuram sempre a perfeição, que não existirá, ao menos não sem um altíssimo custo, e acabam se iludindo com apostas nas contratações erradas.

O Preço do Recrutamento

Um processo de recrutamento é bem delicado e pode trazer muitos resultados, bons ou ruins. Vamos pensar aqui no modo mais convencional de contratação.

Vamos começar a pensar em todo o processo e todo o seu “custo”.

A busca por currículos, por indicações, seja através de centros de empregos ou anúncios diretos, o que gera um gasto de tempo e energia que pode ser muito grande, dependendo de sua cidade ou da sua necessidade.

Depois da fase inicial, onde é feita uma triagem (muito fria e inconsistente, para alguns), iniciam as entrevistas. Mais tempo e energia são gastos, porém nessa etapa é necessário um gasto a mais com concentração e preparo.

Acredite, existem entrevistadores dentro de empresas menos preparados que os próprios entrevistados.

O funcionário é escolhido, contratado e tudo foi resolvido. Ou quase.

Pois, com poucos meses é observado que a pessoa não está tão condizente com a sua necessidade assim, e os resultados estão sendo insatisfatórios. Demissão.

E antes de reiniciar o processo com os custos que já falamos, os custos com a demissão são custos financeiros reais. E não são baratos.

Recrutamento Moderno

Algumas empresas já adotaram novas modalidades de recrutamento, mais modernas, mais direcionadas e menos burocráticas.

Neste modelo o que importa são as “Skills” e não o currículo.

Se você precisa de alguém que faça uma atividade bem feita, ela não precisa de diplomas e mais diplomas, ela precisa te mostrar que faz a atividade bem feito e isso basta. É claro, fica aqui a observação que isso não se aplica a todas as empresas e muito menos a todas as atividades.

Para Tudo é Bom um Meio Termo

Equilíbrio é tudo na vida. Por isso não precisamos seguir rigorosamente os complexos e demorados processos tradicionais, nem partir para um extremo modernismo de algumas startups.

Nós da OSA nos preocupamos com isso, pois nossos clientes precisam de soluções para todas as situações que possam enfrentar.

E pensando nisso, em mais uma parceria fechada, passamos a oferecer um serviço de Recrutamento Online, sim é online e feito por uma psicóloga parceira, especializada em recrutamento.

Entre em contato com a gente sobre esse serviço e pare de ter dores de cabeça com recrutamento de funcionários.